Repartição de Educação do Distrito Urbano do Ngola Kiluanje despejado do Distrito do Hoji-ya-Henda

A Repartição de Educação do Distrito Urbano do Ngola kiluanje, que funcionava na escola morango com açúcar localizado no Distrito Urbano do Hoji-ya-Henda, foi despejado na última semana pela inspecção geral da Educação de Luanda, por alegada ocupação de salas de aula na escola morango com açúcar.

Angola tem 203.877 funcionários na Educação - Instituto Portal  AfroInstituto Portal Afro
Alunos da Iniciação

A Divisão Político-administrativa das províncias de Luanda e Bengo em definitivo foi aprovado pela Assembleia Nacional aos 26 de Julho de 2011, durante a III sessão plenária extraordinária da Assembleia Nacional, orientada pela presidente do parlamento em exercício, Joana Lina, com 173 votos à favor, um contra e nenhuma abstenção. Passando a capital do país a ter sete municípios e seis Distritos.

Neste sentido criou-se o municipio de Luanda que abrange os distritos do Sambizanga, Rangel, Maianga, Ingombota, Samba, Neves Bendinha e Ngola Kiluanje que faz fronteira com o Distrito Urbano do Hoji-ya-Henda.

Assim sendo, alguns Bairros, escolas, centros de saúde, mercados e outras estruturas que pertenciam ao Ngola Kiluanji, passarão a ser parte integrante do Distrito Urbano do Hoji-ya-Henda, razão pela qual a Repartição da Educação ficou a funcionar na escola Morango com Açúcar.

Nesta semana os responsáveis e funcionários da educação do Distrito Urbano do Ngola Kiluanje viram-se despejados do local pela inspecção geral da educação de Luanda, alegando que a Repartição estava à ocupara salas de aula que deviam servir para as varias crianças que estão fora do sistema normal de ensino.

“Estas salas deviam servir para as nossas crianças estudarem e não ficarem fora do sistema normal de ensino meus senhores”

Uma fonte daquela Repartição confidencio que a inspecção da educação, quando chegou no local alertado os responsáveis sobre o porque do funcionamento fora do seu território, “vocês devem criar condições lá no vosso lado para a vossa acomodação e desafogar as salas de aula”, alertaram os inspectores da educação na altura.

Segundo a fonte, os funcionários daquela repartição foram enviados para a área de educação do Município de Luanda “eles agora vão funcionar na repartição do Município de Luanda, por falta de espaço no Distrito do Ngola Kiluanje”, disse a nossa fonte.

 Recordamos que em 2012 o então vice-governador provincial de Luanda para a área política e administrativa, Graciano Domingos, dizia que a nova divisão administrativa de Luanda visa dar maior celeridade à resolução dos principais problemas dos cidadãos.

De acordo com o responsável, o objectivo do Governo é tornar os municípios mais reduzidos, por forma a haver celeridade na resolução dos problemas, assim como aproximar mais os serviços aos cidadãos, bem como transformar os municípios em autarquias locais, onde os munícipes terão a oportunidade de escolher os seus próprios dirigentes.

Outro dado importante a reter é o facto de termos em Angola 44 Distritos em duas províncias, Luanda e Lunda-Norte.

Por: Adão dos Santos

O Apostolado Nas Redes Sociais

Twitter O ApostoladoFacebook Jornal O Apostolado

Apostolado Divisoria


Apostolado Divisoria


Apostolado Divisoria


Apostolado Divisoria