Degradação do Património Mundial da Humanidade em Mbanza Congo preocupa Maria da Piedade de Jesus Secretária de Estado da Cultura

Com objectivo de consultar e abordar as autoridades locais, sobre as acções que visam a protecção e valorização do Kulumbimbi e de mais monumentos e lugares de memória que circundam a cidade de Mbanza kongo, trabalhou na mesma cidade a secretária de estado da cultura Maria da Piedade de Jesus. 

Comité vai proteger a cidade histórica de Mbanza Congo - Rede Angola -  Notícias independentes sobre Angola
Ruínas do Kulumbimbi

A secular cidade angolana de Mbanza Congo, na província do Zaire, foi candidatada pelo Governo angolano a Património Cultural da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), sendo a primeira validada no país por aquela Organização da ONU para a Educação, Ciência e Cultura.

A decisão de declarar o centro histórico de Mbanza Congo como Património Mundial da Humanidade foi tomada no dia (08.07.2017), durante a 41ª sessão daquela comissão, reunida em Cracóvia, no sul da Polónia, segundo a agência Lusa citando fonte da UNESCO.

Na visita efectuado as terras do Kulumbimbi, a secretária de estado ao falar a imprensa local, Maria da Piedade de Jesus, manifestou-se preocupada quanto a degradação das ruínas do Kulumbimbi, que segundo ela “há já muito tem vindo a necessitar de obras de restauração”.

Aquela responsável do mais alto escalão da cultura nacional afirmou ser “uma preocupação do ministério e da província, encontrar uma empresa idónea, para tal finalidade”.

Por outro lado a secretaria de estado da cultura, disse “haver necessidades de se dar uma nova imagem ao museu dos reis do Kongo, como também a reestruturação de algumas peças que nela constam e que, se encontram num estado de deterioração”. 

Numa altura em que as novas construções que ocorrem na zona tampão do centro da cidade de Mbanza Kongo, “podem criar constrangimentos dentro do perímetro que é considerado como património mundial”. Disse Maria Piedade De Jesus. 

Por: Adão dos Santos e Firmino Chaves

O Apostolado Nas Redes Sociais

Twitter O ApostoladoFacebook Jornal O Apostolado

Apostolado Divisoria


Apostolado Divisoria


Apostolado Divisoria


Apostolado Divisoria